quinta-feira, 14 de abril de 2011

"O Pão nosso de cada dia nos dai hoje"

Bethlehem, cidade onde Jesus nasceu significa em hebraico “ casa do pão”. Na época os romanos dominavam a cidade, e os hebreus sofriam entre outros problemas o da fome. Quando Jesus ensinou aos discípulos a belíssima oração do Pai-Nosso, pedia por achar um direito, “o pão nosso de cada dia” isso tinha um grande significado na vida quotidiana daquele povo, mas hoje perdeu-se num mundo de abundância.


Excerto do livro "Conhecer os alimentos" de Isabel do Carmo



Interpretação feita por Sérgio Biagi Gregório de:


Dai-nos o pão de cada dia


“Dai-nos o alimento para a manutenção das forças do corpo; dai-nos também o alimento espiritual para desenvolvimento do nosso Espírito... Uma vez que a lei do trabalho é a condição do homem na Terra, dai-nos a coragem e a força para cumpri-la; dai-nos também a prudência, a previdência e a moderação, a fim de não lhe perder o fruto”.

Inspira-nos sempre bons pensamentos para que tenhamos em mente um trabalho profícuo. E se, porventura, a sociedade nos recusar tal mister, que saibamos ter a necessária resignação para com a vontade divina a nosso respeito.




7 comentários:

  1. Uma bela reflexão, Emília.

    O pão, símbolo da vida, há que ser permitido a todo homem. E consumido com parcimônia e sabedoria. Para que sacie a fome e para que haja um amanhã possível. Para um e para todos.

    Abraços

    ResponderEliminar
  2. Emília,

    O pão é o alimento do corpo. Sem pão não há alimento para a alma. Ou seja, num corpo mal alimentado, não há espaço para a reflexão, o seu espírito apenas consegue aperceber-se da falta do dito. Por isso, num corpo mal nutrido, é muito bem capaz de nascer um espaço para a revolta. E a revolta raramente inspira bons pensamentos.

    (Ando mesmo desanimada com a minha revolta sócio-politica...)

    Grande abraço!

    ResponderEliminar
  3. O pão de certa forma significa o direito de viver dignamente ... porém, os seres humanos tiveram a necessidade de ter mais e ultrapassaram a barreira do bom senso e querem ter o que não precisam ...

    ResponderEliminar
  4. O pão nosso de cada dia que há em abundancia em nas ricas famílias, mas que aos pobres só se dá em fatias. Quando Jesus ensinou a oração do Pai nosso ele disse: “O pão nosso de cada dia, nos dai hoje, e não nos deixei cair em tentação”. Tentação de querer mais que um pão, principalmente o pão do próximo. Contentemo-nos com o nosso pão de cada dia e pedamos a Deus que não o deixe faltar nas mesas daqueles que mais necessitam.
    Campanha: Abaixo as letrinhas de confirmação!

    ResponderEliminar
  5. Olá Emilia querida!
    Belíssima interpretação!
    Dentro das coisas simples, não tem simbologia melhor do que o pão como alimento da vida e da alma daqueles que sabem compartilhar. Infelizmente muito disso tem se perdido e falta pão para todos! Sobra egoísmo e mesquinharia... Que cada um possa produzir o seu pão e dividi-lo entre os muitos que carecem de alimento espiritual.
    Grande beijo,
    Jackie

    ResponderEliminar
  6. Vim conhecer seu blog e gostei. Serei sua seguidora
    Deixo o convite pra conhecer o meu e deixar seu comentário.Espero que goste e siga também. Grade abraço e tenhas uma noite de paz.

    ResponderEliminar
  7. Mas o Pão que ELE,YAOHUSHUA HOL MEHUSHKHAY(corrompido como jesus) se referia era o pão espiritual,assim como todo Sua palavra possui um sentido espiritual.Como esta escrito"Minha carne é verdadeira comida e meu sangue é verdadeira bebida".E não tendo um sentido físico,comer o pão e beber o vinho físico que perece,como está escrito“Eu sou o pão da vida. Vossos pais comeram o maná no deserto e morreram. Eu sou o pão vivo que desceu do shua-olmaYAO(corrompido como céus); se alguém comer deste pão viverá para sempre”." EU SOU O caminho, e A verdade e A vida; ninguém vem ao Pai, senão por MIM".

    ResponderEliminar